Tentando entender a ditadura – I

abaixo_a_ditadura_0_0Desde o começo do ano tenho me interessado muito por História do Brasil. O momento histórico que estamos vivendo me levou ao interesse pelo período da ditadura. Li alguma coisa sobre o assunto. E da ditadura no Brasil passei para a ditadura Argentina, por ser uma história irmã e pelo amor que tenho pelo país hermano.  Nem tudo que vou listar aqui é bom, mas mesmo assim eu li mesmo que somente por curiosidade. E porque aprendo por repetição 😀. De cada um consegui tirar alguma coisa. Só o do livro do Dreifuss não li todo ainda, eu vou e volto nele.

Achei que devia postar sobre isso, tendo em vista o momento que vivemos e os clamores por coisas como pedidos de intervenção militar, volta da ditadura e sandices assim.

Uma questão é que eu não tenho muito método, uma coisa vai puxando a outra e no final vira uma salada e essa minha salada tem todo tipo de coisa. O que me guia é a curiosidade e a disponibilidade do que quero ler ou ver. Preciso frisar que não tive orientação especializada nenhuma, fui começando a ler, a ver e de um cheguei a outro livro, filme, documentário e tal.

A maioria do que está listado aqui se encontra na internet. O site mais completo sobre a ditadura no Brasil é o http://memoriasdaditadura.org.br/index.html

Com certeza vou adorar mais sugestões, pois o que está aqui é só uma pequena amostra desorganizada do que li e vi.

Seguem as listas.

O que eu já tinha lido (entre literatura, relatos, teoria, etc.)

  • Batismo de Sangue – Frei Betto
  • 1968 – Zuenir Ventura
  • Brasil Nunca Mais
  • As Meninas – Lygia Fagundes Telles
  • Incidente em Antares – Érico Veríssimo
  • Ainda Estou Aqui – Marcelo Rubens Paiva
  • Combate nas Trevas – Jacob Gorender
  • Não Passarás O Jordão – Luiz Fernando Emediato
  • Brasil das Gerais – Heloísa Starling
  • Sangue de Coca-Cola – Roberto Drummond
  • Feliz Ano Velho – Marcelo Rubens Paiva

O que li agora

Literatura

  • Vidas Provisórias– Edney Silvestre
  • Azul Corvo – Adriana Lisboa
  • A Resistência – Julian Fuks
  • A Noite da Espera – Milton Hatoun
  • Os Que Bebem Como Cães – Assis Brasil
  • Quarup – Antônio Calado
  • A Festa – Ivan Angelo
  • É Tarde Para Saber – Josué Guimarães
  • Camilo Mortágua – Josué Guimarães
  • Zero – Ignácio de Loyola Brandão
  • Tropical Sol da Liberdade – Ana Maria Machado
  • Outros Cantos – Maria Valéria Rezende

Relatos, autoficção, memórias, biografia

  • Marighella – Mario Magalhães
  • Relato de Uma Busca – Bernardo Kucinski
  • Retrato Calado – Luiz Roberto Salinas
  • Volto Semana Que Vem – Maria Pilla
  • Antes do Golpe – Ferreira Gullar
  • Seu Amigo Esteve Aqui – Cristina Chacel
  • Gracias a La Vida – Cid Benjamim

Teoria, reportagens, etc.

  • Casa da Vovó – Marcelo Godoy
  • Cova 312 – Daniela Arbex
  • 1964 História do Regime Militar Brasileiro – Marcos Napolitano
  • A Ditadura Militar e a Longa Noite dos Generais – Carlos Chagas
  • 1964 – O golpe – Flavio Tavares
  • 1964 – A conquista do Estado – René Armand Dreifuss
  • A Revolução Faltou ao Encontro – Daniel Aarão Reis
  • Desaparecidos Políticos – Reinaldo Cabral
  • A política nos quartéis – Maud Chirio

Documentários, Filmes, etc

  • Que Bom Te ver Viva
  • O dia que Durou 21 Anos
  • Ditadura: Uma História Em Revisão – Caminhos da Reportagem da TV Brasil
  • Araguaia
  • Em Busca Da Verdade (documentário da Comissão da Verdade)
  • Memórias da Resistência
  • “Memórias Femininas da Luta Contra a Ditadura Militar”
  • AI-5 O Dia que não Existiu
  • Cabra Marcado Para Morrer
  • Em Busca da Verdade
  • Araguaya – Conspiração do silêncio
  • Camponeses do Araguaia: A Guerrilha vista por dentro
  • Caparaó
  • Diário de Uma Busca
  • Cidadão Boilesen
  • Operação Condor
  • Jango (Silvio Tendler)
  • Marighella
  •  que é Isto Companheiro?
  • Batismo de Sangue
  • Lamarca
  • A Memória Que Me contam
  • Cabra Cega
  • Anos Rebeldes
  • Queridos Amigos
  • Cara Ou Coroa

Ditadura Argentina

Livros

  • Purgatório – Tomás Eloy Martinez
  • Veinte Años, Luz – Elsa Osorio
  • Duas Vezes Junho – Martin Kohan
  • Uma Mesma Noite – Leopoldo Brizuela
  • Las dictaduras argentinas. Historia de una frustración nacional. Alejandro Horowicz
  • Respiração Artificial – Ricardo Piglia
  • De Vuelta a Casa – Anália Argento
  • Nunca Más Argentina – Relatório Sábato – CONADEP
  • O Espírito dos Meus Pais Continua a Subir na Chuva – Patrício Pron

Filmes e Documentários

  • 500 Bebês Roubados
  • O Segredo dos Seus Olhos
  • A História Oficial
  • La Noche de Los Lápices
  • Botín de Guerra
  • 1976 Crónica del Golpe
  • Acá Estamos
  • Montoneros, una historia

Ditadura Chilena

Livros

  • Formas de voltar Pra Casa – Alejandro Zambra
  • Múltipla Escolha – Alejandro Zambra
  • De Amor e Sombras – Isabel Allende
  • A Casa dos Espíritos – Isabel Allende

Filmes, documentários, etc.

  • A Batalha do Chile
  • Machuca
  • De Amor e Sombras
  • A Casa dos Espíritos

Em outro post talvez eu coloque o que ainda quero ler e assistir.

Até agora II

Até 8 de novembro de 2015

  1. Americanah – Chimamanda Ngozi Adichie
  2. Assassinato no Expresso do Oriente – Agatha Christie
  3. Vermelho Amargo – Bartolomeu Campos de Queiroz
  4. Flores – Mario Bellatin
  5. Coração Tão Branco – Javier Marias
  6. O Peso das Dietas – Sophie Deram
  7. Kitchen – Banana Yoshimoto
  8. O Cirurgião – Tess Gerritssen
  9. Claro Enigma – Drummond
  10. O Lado sombrio dos Buscadores da Luz – Debbie Ford
  11. O Melhor Ano da Sua Vida… – Debbie Ford
  12. Ratos e Homens – John Steinbeck (o melhor)
  13. Não Esqueça de Paris – Deborah McKinlay
  14. A Lista de Brett – Lori Nelson Spielman
  15. Para Sempre Alice – Lisa Genova
  16. Os Catadores de Conchas – Rosamunde Pilcher
  17. A História do Meu Filho – Nadine Gordimer
  18. O Xale –  Cynthia Ozick
  19. Tempo de Matar – John Grisham
  20. A Escrita ou a Vida – Jorge Semprún
  21. Mrs. Dalloway – Virginia Woolf
  22. Como eu era Antes de Você – Jojo Moyes
  23. Segredos e Mentiras – Diane Chamberlain
  24. Fahrenheit 451 – Ray Bradbury
  25. Crônica da Casa Assassinada – Lúcio Cardoso
  26. Madrugada Suja – Miguel Souza Tavares
  27. A Idade Decisiva
  28. Acabadora – Michele Murgia
  29. Isto Não É Um Diário – Zygmunt Bauman
  30. A Morte do Pai – Karl Ove Knausgard
  31. Os Olhos amarelos dos Crocodilos – Katherine Pancol
  32. Dora Bruder – Patrick Modiano
  33. Tempo é Dinheiro – Lionel Shriver
  34. Criança 44 – Tom Rob Smith
  35. Formas de Voltar pra Casa – Alejandro Zambra
  36. Aos 7 e aos 40 – João Anzanello Carrascoza
  37. O Sentido de um Fim – Julian Barnes
  38. Jardim de Inverno – Kristin Hannah
  39. O que eu sei de verdade – Oprha Winfrey
  40. Habibi (maravilhoso, quadrinhos) – Craig Thompson
  41. O Melhor de Mim – Nicholas Spark
  42. A Playlist de Hayden – Michelle Falkoff
  43. Caminho de Volta pra Casa – Kristin Hannah
  44. Lembrança de Nos Dois
  45. As Cinzas de Ângela – Frank McCourt
  46. Flor da Neve e o Leque Secreto
  47. A Fantástica Vida Breve de Oscar Wao – Junot Díaz
  48. Conto da Mulher Brasileira
  49. Livre – Cheryl Strayed
  50. O Conto da Mulher Brasileira – Edla Van Steen
  51. O Corpo Humano – Paolo Giordano
  52. Caderno do Ausente – João Anzanello Carrascoza
  53. O Jeito Harvard de Ser Feliz – Shawn Achor
  54. Eu Sei Porque o Pássaro Canta na Gaiola – Maya Angelou
  55. Eclipse Total – Stephen King
  56. Mensagem de Uma Mãe Chinesa Desconhecida – Xinran
  57. Ainda Estou Aqui – Marcelo Rubens Paiva
  58. Submissão Michael Houllebecq
  59. Jane Eyre – Charlotte Brontë
  60. Morte e Vida Severina João Cabral de Melo Neto

100 livros essenciais da literatura brasileira

Revista_Bravo100 livros essenciais da literatura brasileira

[Revista BRAVO!]

1. Bagagem (Adélia Prado)
2. O Cortiço (Aluísio Azevedo)
3. Lira dos Vinte Anos (Álvares de Azevedo)
4. Noite na Taverna (Álvares de Azevedo)
5. Quarup (Antonio Callado)
6. Brás, Bexiga e Barra Funda (Antonio de Alcântara Machado)
7. Romance d’A Pedra do Reino (Ariano Suassuna)
8. Viva Vaia (Augusto de Campos)
9. Eu (Augusto dos Anjos)
10. Ópera dos Mortos (Autran Dourado)
11. O Uruguai (Basílio da Gama)
12. O Tronco (Bernardo Elis)
13. A Escrava Isaura (Bernardo Guimarães)
14. Morangos Mofados (Caio Fernando Abreu)
15. A Rosa do Povo (Carlos Drummond de Andrade)
16. Claro Enigma (Carlos Drummond de Andrade)
17. Os Escravos (Castro Alves)
18. Espumas Flutuantes (Castro Alves)
19. Romanceiro da Inconfidência (Cecília Meireles)
20. Mar Absoluto (Cecília Meireles)
21. A Paixão Segundo G.H. (Clarice Lispector)
22. Laços de Família (Clarice Lispector)
23. Broqueis (Cruz e Souza)
24. O Vampiro de Curitiba (Dalton Trevisan)
25. O Pagador de Promessas (Dias Gomes)
26. Os Ratos (Dyonélio Machado)
27. O Tempo e o Vento (Érico Veríssimo)
28. Os Sertões (Euclides da Cunha)
29. O que é Isso, Companheiro? (Fernando Gabeira)
30. O Encontro Marcado (Fernando Sabino)
31. Poema Sujo (Ferreira Gullar)
32. I-Juca Pirama (Gonçalves Dias)
33. Canaã (Graça Aranha)
34. Vidas Secas (Graciliano Ramos)
35. São Bernardo (Graciliano Ramos)
36. Obra Poética (Gregório de Matos)
37. O Grande Sertão: Veredas (Guimarães Rosa)
38. Sagarana (Guimarães Rosa)
39. Galáxias (Haroldo de Campos)
40. A Obscena Senhora D (Hilda Hist)
41. Zero (Ignácio de Louola Brandão)
42. Malagueta, Perus e Bacanaço (João Antônio)
43. Morte e Vida Severina (João Cabral de Melo Neto)
44. A Alma Encantadora das Ruas (João do Rio)
45. Harmada (João Gilberto)
46. Contos Gauchescos (João Simões Lopes Neto)
47. Viva o Povo Brasileiro (João Ubaldo Ribeiro)
48. A Moreninha (Joaquim Manuel de Macedo)
49. Gabriela, Cravo e Canela (Jorge Amado)
50. Terras do Sem Fim (Jorge Amado)
51. Invenção de Orfeu (Jorge de Lima)
52. O Coronel e o Lobisomem (José Cândido de Carvalho)
53. O Guarani (José de Alencar)
54. Lucíola (José de Alencar)
55. Os Cavalinhos de Platiplanto (J. J. Veiga)
56. Fogo Morto (José Lins do Rego)
57. Triste Fim de Policarpo Quaresma (Lima Barreto
58. Crônica da Casa Assassinada (Lúcio Cardoso)
59. O Analista de Bagé (Luis Fernando Veríssimo)
60. Tremor de Terra (Luiz Vilela)
61. As Meninas (Lygia Fagundes Telles)
62. Seminário dos Ratos (Lygia Fagundes Telles)
63. Memórias Póstumas de Brás Cubas (Machado de Assis)
64. Dom Casmurro (Machado de Assis)
65. Memórias de um Sargento de Milícias (Manuel Antônio de Almeida)
66. Libertinagem (Manuel Bandeira)
67. Estrela da Manhã (Manuel Bandeira)
68. Galvez, Imperador do Acre (Márcio Souza)
69. Macunaíma (Mário de Andrade)
70. Paulicéia Desvairada (Mário de Andrade)
71. O Homem e Sua Hora (Mário Faustino)
72. Nova Antologia Poética (Mário Quintana)
73. A Estrela Sobe (Marques Rebelo)
74. Juca Mulato (Menotti Del Picchia)
75. O Sítio do Pica-pau Amarelo (Monteiro Lobato)
76. As Metamorfoses (Murilo Mendes)
77. O Ex-mágico (Murilo Rubião)
78. Vestido de Noiva (Nelson Rodrigues)
79. A Vida Como Ela É (Nelson Rodrigues)
80. Poesias (Olavo Bilac)
81. Avalovara (Osman Lins)
82. Serafim Ponte Grande (Oswald de Andrade)
83. Memórias Sentimentais de João Miramar (Oswald de Andrade)
84. O Braço Direito (Otto Lara Resende)
85. Sermões (Padre Antônio Vieira)
86. Catatau (Paulo Leminski)
87. Baú de Ossos (Pedro Nava)
88. Navalha de Carne (Plínio Marcos)
89. O Quinze (Rachel de Queiroz)
90. Lavoura Arcaica (Raduan Nassar)
91. Um Copo de Cólera (Raduan Nassar)
92. O Ateneu (Raul Pompéia)
93. 200 Crônicas Escolhidas (Rubem Braga)
94. A Coleira do Cão (Rubem Fonseca)
95. A Senhorita Simpson (Sérgio Sant’Anna)
96. Febeapá (Stanislaw Ponte Preta)
97. Marília de Dirceu (Tomás Antônio Gonzaga)
98. Cartas Chilenas (Tomás Antônio Gonzaga)
99. Nova Antologia Poética (Vinícius de Moraes)
100. Inocência (Visconde de Taunay)

Até agora

comerlivrosLivros lidos até agora, 13/06/2015

1. Americanah – Chimamanda Ngozi Adichie
2. Assassinato no Expresso do Oriente – Agatha Christie
3. Vermelho Amargo – Bartolomeu Campos de Queiroz
4. Flores – Mario Bellatin
5. Coração Tão Branco – Javier Marias
6. O Peso das Dietas – Sophie Deram
7. Kitchen – Banana Yoshimoto
8. O Cirurgião – Tess Gerritssen
9. Claro Enigma – Drummond
10. O Lado sombrio dos Buscadores da Luz – Debbie Ford
11. O Melhor Ano da Sua Vida… – Debbie Ford
12. Ratos e Homens – John Steinbeck
13. Não Esqueça de Paris – Deborah McKinlay
14. A Lista de Brett – Lori Nelson Spielman
15. Para Sempre Alice – Lisa Genova
16. Os Catadores de Conchas – Rosamunde Pilcher
17. A História do Meu Filho – Nadine Gordimer
18. O Xale – Cynthia Ozick
19. Tempo de Matar – John Grisham
20. A Escrita ou a Vida – Jorge Semprún
21. Mrs. Dalloway – Virginia Woolf
22. Como eu era Antes de Você – Jojo Moyes
23. Segredos e Mentiras – Diane Chamberlain
24. Fahrenheit 451 – Ray Bradbury
25. Crônica da Casa Assassinada – Lúcio Cardoso
26. Madrugada Suja – Miguel Sousa Tavares
27. A Idade Decisiva – Meg Jay
28. Acabadora – Michela Murgia
29. Isto Não É Um Diário – Zigmunt Bauman
30. A Morte do Pai – Karl Ove Knausgård
31. A Solidão dos Números Primos – Paolo Giordano

Desafios e balanço janeiro de 2015

8258419548_09b55a3193_hDesafios Literários de Janeiro

  1. Agatha Christie: Assassinato no Expresso do Oriente
  2. Cores Literárias – (um livro que tenha uma cor no título): Vermelho Amargo – Bartolomeu Campos de Queiroz
  3. Janeiro – Livro novo. O último livro que eu comprei/baixei/peguei emprestado/ganhei: Americanah – Chimamanda Ngozi Adichie

Não consegui ler nenhum clássico, nem premiado (pulitzer, camões, jabuti, man booker prize, nobel…)

A meta mensal de leitura é:

  1. Um livro clássico
  2. Um livro premiado (Jabuti/Nobel/Camões/Pulitzer/Man Booker Prize/Saramago/Cervantes…)
  3. Um livro brasileiro
  4. Um livro contemporâneo
  5. Um livro de poesia/conto/crônica/ensaio

Livros lidos em janeiro 2015

  1. Americanah – Chimamanda Ngozi Adichie
  2. Assassinato no Expresso do Oriente – Agatha Christie
  3. Vermelho Amargo – Bartolomeu Campos de Queiroz
  4. Flores – Mario Bellatin
  5. Coração Tão Branco – Javier Marias

Americanah

americanahAmericanah – Chimamanda Ngozi Adichie

Tradução: Julia Romeu
Capa: Claudia Espínola de Carvalho
Páginas: 520
Lançamento: 25/08/2014

ISBN: 9788535924732
Selo: Companhia das Letras

“Lagos, anos 1990. Enquanto Ifemelu e Obinze vivem o idílio do primeiro amor, a Nigéria enfrenta tempos sombrios sob um governo militar. Em busca de alternativas às universidades nacionais, paralisadas por sucessivas greves, a jovem Ifemelu muda-se para os Estados Unidos. Ao mesmo tempo que se destaca no meio acadêmico, ela depara pela primeira vez com a questão racial e com as agruras da vida de imigrante, mulher e negra.

Quinze anos mais tarde, Ifemelu é uma blogueira aclamada nos Estados Unidos, mas o tempo e o sucesso não atenuaram o apego à sua terra natal, tampouco anularam sua ligação com Obinze. Quando ela volta para a Nigéria, terá de encontrar seu lugar num país muito diferente do que deixou e na vida de seu companheiro de adolescência. “
A palavra americanah é o termo que os nigerianos usam para se referir aos compatriotas que vão para os EUA e voltam para a Nigéria.

Gostei muito desse livro, adorei o olhar dela sobre a questão do ser negro nos EUA, adorei as reflexões dela, e achei muito uma descrição de parte do que é o nosso tempo. A história, o enredo, tem um fim que deixa a desejar, mas o jeito como o livro é construído me prendeu do início ao fim, me prendeu muito. Mesmo assim eu tenho a sensação, por tudo que li sobre ela que esse não é melhor livro dela, por isso, talvez eu leia mais algum outro livro dessa autora.

Esse livro foi o livro de janeiro do Desafio Literário Skoob

Também li este livro pra ticar mais um item desta lista.

Livros das Listas que eu li

classicosFiz um apanhado rápido dos livros clássicos que eu li até agora. Com essa idade que eu tenho, não são muitos, é muito pouco pra tanto tempo de vida. Li poucos clássicos e a verdade é que apesar de sempre ter lido bastante, eu li pouca literatura. Até agora, embora eu tenha certeza que vou me lembrar de mais livros) eu li estes, das listas dos clássicos.

Livros das Listas que eu li (até dezembro de 2014)

 

 

Continuar lendo “Livros das Listas que eu li”